capa_portugal dimensao oculta - Cópia

PORTUGAL – DIMENSÃO OCULTA (LUZ DO GRANDE OCIDENTE), DE VITOR MANUEL ADRIÃO

CHIADO EDITORA, 2015

CONVITE GERAL PARA O LANÇAMENTO DA OBRA (ENTRADA LIVRE), TENDO COMO ORADOR E APRESENTADOR DO AUTOR:

DR. JOSÉ MANUEL ANES

DIA 27 DE NOVEMBRO (2015), SEXTA-FEIRA, ÀS 19H30

CHIADO CLUBE LITERÁRIO & BAR

GALERIA COMERCIAL TIVOLI FÓRUM

AVENIDA DA LIBERDADE, 188, PISO – 1, LOJA F, LISBOA

cartaz

PORTUGAL – DIMENSÃO OCULTA (LUZ DO GRANDE OCIDENTE), POR VITOR MANUEL ADRIÃO

PREÇO DE CAPA: 20 EUROS.

VOLUME DA OBRA: 636 PÁGINAS, COM INTRODUÇÃO E 20 CAPÍTULOS PROFUSAMENTE ILUSTRADOS.

convite

ÍNDICE DA OBRA:

INTRODUÇÃO

CAPÍTULO I

GEOSOFIA “AVATÁRICA” DE PORTUGAL

CAPÍTULO II

VIAGEM À ATLÂNTIDA ATRAVÉS DE PORTUGAL

CAPÍTULO III

MEMÓRIAS DA ATLÂNTIDA EM PORTUGAL

CAPÍTULO IV

SINTRA, SERRA SAGRADA

CAPÍTULO V

MUNDO SUBTERRÂNEO DE AL-SHANTARA (SINTRA MOURISCA)

CAPÍTULO VI

A SERRA DE SINTRA NA ERA DE PROMISSÃO

CAPÍTULO VII

CYNTHIA SEMPER FIDELIS! ECCE OCCIDENS LUX!

CAPÍTULO VIII

ARCANJO SAKIEL, “GENIUS LOCI” DE SINTRA

CAPÍTULO IX

ORDEM E RITO DE MELKITSEDEK

CAPÍTULO X

TRIBUTÁRIOS E DÍZIMA DE MELKITSEDEK

CAPÍTULO XI

O TÚMULO DE MELKITSEDEK

CAPÍTULO XII

MANAS-TAIJASI: TEOSOFIA E EUBIOSE

CAPÍTULO XIII

PATANJALI E A “LUZ DO OCIDENTE”

CAPÍTULO XIV

PODER OCULTO DA PRECE E DOS SALMOS

CAPÍTULO XV

A RELIGIÃO-SABEDORIA DE MAITREYA

CAPÍTULO XVI

O REAPARECIMENTO DE CRISTO

CAPÍTULO XVII

ENFIM, AQUARIUS 2005!

CAPÍTULO XVIII

OBELISCO, DEUSES E CONSTELAÇÕES

CAPÍTULO XIX

2012 E O FATALISMO CÓSMICO (SIGNOS E CICLOS DA TRADIÇÃO)

CAPÍTULO XX

A BARCA DE DEUS E O FIM DOS TEMPOS

capa_portugal dimensao oculta

SÍNOPSE DA OBRA:

Sobre o que seja Portugal – Dimensão Oculta, perspectivado no ângulo teosófico, sobretudo pelo que disse e escreveu em reservado mas também público o Professor Henrique José de Souza (1883-1963), brasileiro de ascendência portuguesa, é o motivo central deste livro onde passo a passo, tema a tema apresento uma visão nova para muitos, diferente para alguns do que seja o nosso País em sua essência última, onde deuses e homens com aspirações divinas se entrecruzam no solo pátrio desde a mais profunda noite dos tempos, deixando sinais e ensinamentos em obras as mais diversas agora evocadas para memória e eventual realização superior dos presentes e vindouros.

Da Atlântida a Portugal, de Sintra à Europa, da Europa à América do Sul, propriamente ao Brasil, é um “fio de Ariadne” desvelado neste livro dado à luz em tempo de um novo Ciclo de Humanidade. Nos vinte capítulos da obra encerram-se informações novas para muitos, ensinamentos novos para alguns, para todo o efeito, oferecidas ao leitorado geral, sobretudo aos partícipes do mundo da chamada Tradição Iniciática das Idades, onde o Divino e o Humano participam na mais equitativa medida.

Obra escrita com dedicação mental e sentimento de entrega, com igual sentimento e a advertência de desassombro a entrego agora ao cuidado do leitor, com o desejo de que seja frutuosa às suas mais secretas aspirações.

Vitor Manuel Adrião

Advertisements