Guia de LISBOA SAGRADA PROFANA

Por

Vitor Manuel Adrião

EDIÇÃO LUSOPHIA / EUEDITO

JULHO DE 2016

PREÂMBULO

Por que o escudo de Portugal está inclinado 17º sobre a fachada da Gare do Rossio? Onde foi tocada pela primeira vez em Portugal a “Flauta Mágica” de Mozart e porque Mozart dedicou-a ao seu Mestre Cagliostro? Por que sobre a ideia do Quinto Império Português encontram-se tantos sinais na geografia e monumentos da cidade? Onde se encontram os mais belos azulejos de Lisboa? Por que e como a Lusitânia se tornou Portugal (Porto do Graal), lugar de recolhimento do mítico Graal de Cristo? Onde se acha a cabeça do serial killer lisboeta conservada em formol? Onde está o “jardim mágico” de Bordalo Pinheiro? Por que a fachada sul do Mosteiro dos Jerónimos foi concebida segundo os princípios kabalísticos hebraicos? Quais são os símbolos ocultos do políptico nacional de Nuno Gonçalves no Museu Nacional de Arte Antiga? Quem são verdadeiramente esses sabastianistas que, à maneira dos muçulmanos xiitas, aguardam o retorno do rei encoberto assinalado em D. Sebastião?

Lisboa tem sido desde a Idade Média um terreno de predilecção excepcional para desenvolver e aplicar as ideias de reis que foram alquimistas, de ministros que também eram maçons, de poetas ocultistas, de adeptos do Hermetismo e dos conhecimentos secretos dos Templários que se refugiaram em Portugal, após a sua interdição no século XIV no resto da Europa.

Vitor Manuel Adrião, historiador e filósofo reputado, é o herdeiro em Portugal do conjunto desses saberes esotéricos. Ele revela aqui, neste verdadeiro guia iniciático sem descuro do profano, a sua sabedoria inédita e descreve de modo estupendo os arcanos de Lisboa que alguns pensaram estar destinada a capital espiritual da Europa.

Lisboa Sagrada e Profana destina-se a todo o género de público que quer saber e conhecer as maravilhas e os insólitos esquecidos ou ignorados da capital portuguesa. Um livro que é um guia excepcional.

LUSOPHIA

ÍNDICE

ALFAMA – GRAÇA – MOURARIA

Preâmbulo

Alfama, povo e tradição

Alfama das “águas boas”

A cisterna de S. Miguel de Alfama

Lisboa – Lix Bona – Água Boa

Varina da Conceição Velha

Por que para os antigos o Tejo era rio sagrado?

Arte e Mistério em Conceição Velha

Casa histórica da Fundação José Saramago

Um jardim de falos mortos…

A santidade impossível de Vicente

Panteão Real de S. Vicente

Adoração feminina na Graça

A cadeira dos partos de São Gens

O bairro maçónico “Estrela de Ouro”

A Aula da Esfera

Colégio dos Meninos Órfãos

Segredos e tesouros de S. Cristóvão

Memória artística no Palácio dos Távora

As “pedras negras” do Templo de Cibele

Deuses do Teatro romano

Tesouro artístico do Palácio Belmonte

Curiosidades da igreja do Menino-Deus

Sinais secretos no Castelo de S. Jorge

O motivo de S. Jorge ser apeado do cavalo

A relíquia esquecida de Santiago Maior

A milagrosa Cruz de Santiago

Ordem Militar de Santiago

Os símbolos “pagãos” de Santa Luzia

Lenda da vida de Santa Luzia

S. Brás cura os males de garganta

Por que S. Brás é um dos patronos da Ordem de Malta?

O milagre de Santo António na Sé

Dedicar uma quadra a Santo António como promessa de amor

Os capitéis insólitos da Sé de Lisboa

Mistérios e segredos de Santa Maria Maior

Os signos mágicos do claustro da Sé

Princípios da Arquitectura Sagrada

O capitel das aves no claustro da Sé

A coluna das almas na Sé

A “Porta Santa” da Sé Patriarcal

Simbolismo sagrado da flor-de-lis

O mistério do Santo Graal

Como a Lusitânia se fez Portugal

BAIXA – ROSSIO

Termas subterrâneas da Rua da Prata

O “Sagrado Esculápio”

Quem é o deus Esculápio?

O misterioso Cais das Colunas

As tágides do Tejo

Os símbolos da estátua equestre de D. José I

Transferência Imperial – Translatio Imperii

Vida e obra do padre António Vieira

A mensagem oculta do Terreiro do Paço

Hermes Trismegisto, fundador do Hermetismo

Símbolos do Arco do Triunfo

Portugal “cabeça” do “corpo” da Europa

O estranho relógio do Arco da Rua Augusta

A mesa de Fernando Pessoa

Fernando Pessoa: “Se és maçom, sou mais do que maçom – eu sou templário.”

A águia flamejante de São Nicolau

Arquitectura sagrada da Baixa Pombalina

As sete colinas sagradas de Lisboa

Segredos nos Paços do Concelho

Os símbolos da estátua de D. Pedro IV

O áxis mundi

Bocage no Café Nicola

Tabacaria Mónaco, Arte escondida

Arte Nova no Animatógrafo do Rossio

Alto-relevo das mãos unidas

O cumprimento maçónico

Hospital das Bonecas

Auto-de-fé a S. Domingos

Os painéis do Palácio da Independência

A “arábica” Casa do Alentejo

Segredos da sede da Casa dos 24

Os segredos de D. Sebastião na Estação Central

D. Sebastião, o “rei-sonhador”

Arcano 17 e o Horóscopo de Portugal

Por que se “endireitou” o Escudo de Portugal?

Os painéis esotéricos de Lima de Freitas

As passagens secretas do Hotel Avenida Palace

O segredo do Obelisco dos Restauradores

A “abadia” subterrânea do Palácio Foz

Os símbolos de Arte Real na “abadia”

O que é o ágape maçónico?

BAIRRO ALTO – CARMO – SANTA CATARINA

Sagrado e profano nos Armazéns Grandella

Simbolismo do pentagrama, a estrela de cinco pontas

O alquimista do Convento do Carmo

O que significa Beguino?

A espada mágica do Santo Condestável

A porta real do Carmo

Ordem do Carmo e a influência do Hermetismo

Símbolos maçónicos na Rua da Trindade

Azulejos maçónicos da Cervejaria Trindade

O Olho dentro do Triângulo

Os túmulos dos sebastianistas

Messianismo e Sebastianismo

Pensão Amor, erotismo e burlesco

Tabernas e confrarias

As “linhas de força” da Praça de São Paulo

Banhos de São Paulo

Palácio do Manteigueiro avarento

Encanto e piedade no Convento dos Cardaes

Palácio do Marquês de Pombal

Grémio Lusitano e Museu Maçónico

Cagliostro no Palácio Sobral

Traços biográficos de Cagliostro, um Mestre do Oculto

Santa Catarina: miradouro dos aluados

Escultura do Adamastor

Padres do Deserto em Santa Catarina

O subterrâneo da Praça do Príncipe Real

O Lagartagis do Jardim Botânico

ALCÂNTARA – CAMPO DE OURIQUE – ESTRELA

O baixo-relevo dos Santos Mártires

Pureza ou cheiro de santidade

O esquecido Palácio Almada-Carvalhais

Fonte bicéfala manuelina

A maravilhosa Custódia de Belém

Os segredos do Políptico de Nuno Gonçalves

Quem são Melki-Tsedek e o Preste João?

Simbolismo do Obelisco das Necessidades

A ignorada Tapada das Necessidades

Memória da Quinta do Mineiro

Jardim interior do Palácio de São Bento

A Fonte Santa dos Prazeres

Jazigo maçónico do Duque de Palmela

Jazigo templário do Dr. Carvalho Monteiro

Os Templários: factos e fantasias

Condessa d´Edla, memória tumular

A primeira bomba da República

Odisseia das relíquias do Santo Condestável

Nuno Álvares Pereira, o Santo e Guerreiro

Jardim das Francesinhas, memória e olvido

Cemitério dos Ingleses, a Inglaterra em Lisboa

O Leão da Estrela

AJUDA – BELÉM – SANTO AMARO

A “Charola” de Santo Amaro

Quem era Santo Amaro?

O mistério da Charola dos Templários

Os cinco sólidos básicos e a Geometria Sagrada

A esquecida Quinta das Águias

O Salão Pompeia do Palácio da Ega

Palácio Burnay, delírio e fausto

A misteriosa fonte das 40 bicas

Saga do defunto Marquês de Pombal

O “Chão Salgado”

As berlindas de Santa Maria de Mua

A ermida “esquecida” de Boitaca

O Manuelino, arte de passagem

Os segredos da Torre de Belém

Significado da Cruz da Ordem de Cristo

Mosteiro dos Jerónimos e Tradição Primordial

Jerónimos e Kaballah

A Kaballah Ibérica

Infante Henrique de Sagres, iniciador da Gesta

As celas “hieráticas” dos Jerónimos

Joaquim de Flora e as três Idades do Mundo

O claustro “hierático” dos Jerónimos

Alquimia e Alquimistas portugueses

FORA DO CENTRO

Jardim imaginário de Bordalo Pinheiro

A “mão diafanizada” do Teatro Anatómico

A cabeça do serial killer Diogo Alves

O lugar onde está a “Cruz da Pedra”

História rara de Carriche

Inscrições templárias no Lumiar

Quem é verdadeiramente o Baphometh?

A gruta miraculosa da Senhora da Luz

Os fantasmas do Palácio Beau Sèjour

Enigmas do Palácio Marqueses de Fronteira

O paraíso do Jardim Zoológico

O resgatado Teatro Thalia

A relíquia de S. Sebastião da Pedreira

Os painéis do Pavilhão dos Desportos

Os símbolos da estátua do Marquês de Pombal

Maçonismo na estátua do Marquês de Pombal

Quem era o Marquês de Pombal?

Lápide do chafariz de Andaluz

O desconhecido Hospital de Arroios

Balneário D. Maria II e a saúde mental

As máscaras de pele do Museu de Dermatologia

O relógio de sol mais antigo de Portugal

Culto ao Dr. Sousa Martins

A antiga Fábrica de Cerâmica Viúva Lamego

O “lagarto” da Penha de França

As obras de Santa Engrácia

Amores proibidos de Santa Engrácia

Quem era Santa Engrácia?

Santa Auta da Madre de Deus

Quem foi Santa Auta?

Simbologia hermética na Madre de Deus

A maravilha da igreja de S. Félix de Chelas

A odisseia do “Braço de Prata”